Editora Mundo Maior

Despertando Conhecimento

animais_mediuns (1)


2 Comentários

OS ANIMAIS PODEM SER MÉDIUNS OU MANDAR MENSAGENS ?

animais_mediuns (1)

Por Ivany Lima – Apresentadora do Programa Nossos Irmãos Animais na Rádio Boa Nova

Há dúvidas a respeito de comunicações de animais. Se é possível que eles nos mandem mensagens, se podem ver e ouvir os espíritos, mas não vamos dar a eles uma responsabilidade que eles não têm. Devemos amá-los, cuidar deles até o último momento de sua vida. Compreendemos que seria maravilhoso receber uma mensagem de um ente tão querido, mas isso não é possível. O processo mediúnico é muito complexo e depende de uma série de fatores. Os nossos irmãozinhos ainda não têm essa capacidade. Eles não podem nem receber uma comunicação e nem dar. Se temos notícias é através dos espíritos de humanos que cuidam deles. Vejam o que nos dizem os Espíritos sobre esse assunto no Livro dos Médiuns:

Capítulo XXII – Da Mediunidade dos Animais

“Sabeis que tiramos do cérebro do médium os elementos necessários para dar ao nosso pensamento a forma sensível e apreensível para vós. É com o auxílio dos seus próprios materiais que o médium traduz o nosso pensamento em linguagem vulgar. Pois bem: que elementos encontraríamos no cérebro de um animal? Haveria ali palavras, letras, alguns sinais semelhantes aos que encontramos no homem, mesmo o mais ignorante? Não obstante, direis, os animais compreendem o pensamento do homem, chegam mesmo a adivinhá-lo. Sim, os animais amestrados compreendem certos pensamentos, mas acaso já os vistes reproduzi-los? Não. Concluí, pois, que os animais não podem servir-nos de intérpretes.” (*)

(*) Nessa passagem fica claro que eles não podem ser médiuns. Os animais não tem a capacidade de retransmitir o pensamento dos Espíritos a nós.

Capítulo XXV – Das Evocações

  1. Como se explica então que certas pessoas tenham evocado animais e recebido respostas?

– Evoque um rochedo e ele responderá. Há sempre uma multidão de Espíritos prontos a falar sobre tudo. “(*)

(*) Nessa questão os Espíritos são claros que não são os animais que respondem e sim os espíritos de humanos, que nem sempre são os mais sérios. Por isso devemos sempre analisar as comunicações. É conselho dos Espíritos no Evangelho Segundo o Espiritismo que não acreditemos em todos os Espíritos, mas que devemos provar se os Espíritos são de Deus. Nossa condição humana nos faz conviver com Espíritos de toda ordem. Nossas atitudes e comportamentos durante nossa vida nos fazem atrair bons ou maus espíritos. Por isso é necessário o estudo constante da Doutrina Espírita, para não nos deixarmos levar por ilusões. Para conhecer um pouco mais sobre a Espiritualidade dos Animais dentro do Espiritismo, uma ótima leitura é o livro Os Animais Conforme o Espiritismo do Autor e Veterinário, já desencarnado, Marcel Benedeti. É um Livro que é direcionado aos Espíritas e muito esclarecedor.

OS ANIMAIS SÃO ALMA-GRUPO ?

Ainda persistem dúvidas sobre a alma dos animais. Divulgam teorias que não são Espíritas, como por exemplo, que os animais são “alma-grupo”. Essa teoria consiste em que a alma dos animais pertence a um Todo. Ao encarnarem se dividem e vivem sua encarnação na terra e quando desencarnam voltam ao Todo novamente. Vejam que os Espíritos são claros ao afirmarem que isso não existe.

Livro dos Espíritos

  1. Que pensar da teoria da alma subdividida em tantas partes quantos são os músculos, presidindo cada uma as diferentes funções do corpo?

…..Já dissemos que o Espírito é indivisível, ele transmite o movimento aos órgãos através do fluido intermediário, sem por isso se dividir. (*)

(*) O animal tendo espírito ele é indivisível. Não existe,  portanto, alma-grupo. O que volta para O Todo é o Fluído Vital. Os Espíritos, na questão 540, nos afirmam que o Espírito Evolui do Átomo ao Arcanjo, que por sua vez começou pelo Átomo.

  1. A alma dos animais conserva após a morte sua individualidade e a consciência de si mesma?

Resp: Sua individualidade, sim, mas não a consciência de si mesma. A vida inteligente permanece em estado latente. (*)

(*) Novamente a afirmação dos Espíritos dizendo que a alma dos animais é individual. Portanto , quando desencarnam , mantém essa individualidade e não voltam ao todo coletivo, ou alma grupo, como alguns afirmam equivocadamente.  A Evolução dos animais , assim como a nossa , segue um curso. À medida que vamos evoluindo, adquirimos corpos mais evoluídos também. Acreditar, como dizem os Espíritos, que Deus criaria algo sem futuro, seria blasfemar contra sua bondade que se estende sobre todas as suas criaturas. Eles não tem consciência de que são Espíritos em evolução e nem conhecem a Deus, por isso nossa responsabilidade em relação a eles, de tratá-los como nossos irmãos menores, não como nossos escravos.

O PASSE EM ANIMAIS

O Tratamento Espiritual não é benéfico apenas para os animais, é também para seus tutores e para nós. O desconhecimento da Doutrina Espírita faz com que pesem mais o orgulho do que a caridade ao próximo e a interpretação equivocada de seus preceitos acabam prejudicando a propagação do Espiritismo.

Enxergamos nesse trabalho a oportunidade valiosa de exercermos a caridade e de divulgarmos o Espiritismo. Para nós , quando vemos a alegria e a esperança brotarem novamente nos olhos dos tutores que nos procuram , quando continuam frequentando o trabalho mesmo depois do desencarne de seu animalzinho ou quando relatam que seu animalzinho desencarnou de forma tranquila e que estão mais conformados porque se sentiram amparados, não tem preço.  É isso que vale para nós e que nos faz lutar sem cessar em favor dos nossos irmãos menores.

O passe em animas não é moda e está de acordo com a Doutrina Espírita. Vejam o que diz Herculano Pires sobre o assunto no livro Mediunidade, Vida e Comunicação, que foi escrito há quase 40 anos atrás, onde ele mesmo relata que ajudou sua cachorrinha que estava desenganada pelo Veterinário. É um capítulo inteiro falando sobre os animais. Herculano foi um dos maiores Espíritas deste país e lutou durante sua vida inteira para defender os seus preceitos.

“A assistência mediúnica aos animais é possível e grandemente proveitosa. O animal doente pode ser socorrido por passes e preces e até mesmo com os recursos da água fluidificada…..Mas na Mediunidade Veterinária a situação se modifica. O reino animal é protegido e orientado por espíritos humanos que foram zoófilos na Terra, segundo numerosas informações mediúnicas. O médium veterinário, como o médium humano, não transmite os seus fluidos no passe por sua própria conta, mas servindo de meio de transmissão aos espíritos protetores. A situação mediúnica é assim muito diferente da situação magnética ou hipnótica. Ao socorrer o animal doente, o médium dirige a sua prece aos planos superiores, suplicando a assistência dos espíritos protetores do reino animal e pondo-se à disposição destes. Aplica o passe com o pensamento voltado para Deus ou para Jesus, o Criador e o responsável pela vida animal na Terra. Flui a água da mesma maneira, confiante na assistência divina. Não se trata de uma teoria ou técnica inventada por nós, mas naturalmente nascida do amor dos zoófilos e já contando com numerosas experiências no meio espírita.”

” Tivemos experiência com uma cachorrinha pequinês desenganada pelo veterinário. Com os passes recebidos durante a noite, amanheceu restabelecida. O veterinário assustou-se com o seu estranho poder de recuperação. Um veterinário amigo e espírita contou-nos os seus sucessos no socorro mediúnico aos animais, ressaltando o caso de parto de uma vaca de raça, em que ele já se considerava fracassado. Recorreu à sua possível mediunidade veterinária e as dificuldades desapareceram. Tudo é possível no plano do bem, da prática do amor. ”

( Capítulo XI – Mediunidade Zoológica )

Chico Xavier aplicava o passe nos animais com todo amor e sempre foibeneficiado e ajudado pelos Bons Espíritos .

No Livro Conduta Espírita, ditado pelo Espírito de André Luis, que fala favoravelmente aos recursos mediúnicos aos animais, fica claro que é um ato de caridade e de amor ao próximo, que significa tudo que tem vida.

“No recurso aos animais doentes, usar os recursos terapêuticos possíveis, sem desprezar mesmo aqueles de natureza mediúnica, que aplique a seu próprio favor . “

 

Marcel Benedeti (1)


3 Comentários

MARCEL BENEDETI – O AMIGO

Marcel Benedeti (1)

Era dia 15 de julho de 2004 , quando uma vizinha bate a minha porta dizendo que havia uma cachorra grande que estava sangrando , e que tinha medo de chegar perto e ser atacada. Fui com ela ver o que estava acontecendo e tentar ajudar da melhor maneira. Quando cheguei ao local onde estava o animal, não acreditei nas condições em que estava vivendo. Era uma obra inacabada, cheia de cimento, cal e sem nenhuma condição de ninguém ficar. O sangramento era nítido devido a ataques de outros cães, sendo que não havia como fechar o portão. Adotei a cachorra na hora, que parecia ser uma Pastora Belga, só que muito mal tratada. Naquele dia não poderia imaginar, que por amor a ela, para tentar salvar sua vida, poucos anos depois, iria conhecer a pessoa que mudaria minha vida para sempre.

Devido a tantas doenças que foram aparecendo ela ficou comigo, pois precisava de cuidados veterinários o tempo todo. Fez tratamento de renite alérgica, até descobrir em 2006 que era um tumor maligno.

No dia 1 de julho de 2007, um domingo, vi uma entrevista de um veterinário falando dos animais. Era o Dr.Marcel Benedeti, falando de tratamento Espiritual para os animais. Fiquei encantada e cheia de esperança, pois era a única chance de tentar salvar a Natasha.

Nunca poderia imaginar que aquele homem de hábitos simples, com o consultório pequeno que ele tomava conta sozinho, atendia ao telefone, se tornaria a pessoa que mudaria a minha vida, me ensinaria tudo que sei de Espiritualidade dos Animais, que me ensinaria a ver o sofrimento pelo qual eles passam de uma forma mais espiritualizada, baseada em Kardec, que me ensinaria que só podemos efetivamente ajudar os animais se ajudarmos também aos seres humanos.

Deus nos dá grandes oportunidades de aprendizado, e poder conviver por alguns anos com o Marcel foi uma delas. Durante o trajeto da clínica para o Centro Espírita e do Centro para algum lugar onde o deixaria, pudemos ter longas e proveitosas conversas.

A Natasha ficou em tratamento durante 2 meses, foi quando aconteceu o  “milagre “. O tumor que a atormentava começou a sair de seu focinho, e um dia caiu. Ela estava curada. Lembro-me que foi uma grande alegria e uma prova de que tanto a Homeopatia, quanto o Tratamento Espiritual realmente funcionam. O Marcel chegou a dizer que a Natasha veio para chamar a atenção da ciência.

Mesmo com todos os cuidados médicos e espirituais, ela veio a desencarnar no dia 03/01/2008, seis meses depois, de insuficiência renal, na sala de palestra do Centro. O Marcel já estava dentro da sala de passe, ele não sabia o que tinha acontecido.  Naquele dia eu pude conhecer a bondade e o altruísmo dele. Por estar muito abalada, ele me chamou para ficar com ele e outra moça dentro da sala e colocou a Natasha, já sem vida em um lugar escondido. Ele me tratou com tanto carinho e tanta consideração, que jamais esquecerei. Ele me contou que antes de saber que a Natasha havia desencarnado a viu dentro da sala. Disse que perguntou a ela: “O que você está fazendo aqui Natasha, não está na hora ainda”. Ele a viu em espírito.

Naquele dia pude constatar o tamanho da bondade e da amizade daquele homem tão simples em sua maneira de ser.  Pude sentir e ter provas do verdadeiro significado da palavra “Amizade “.

Ele nunca enriqueceu com a sua profissão.  Apesar de ser um dos melhores veterinários que já conheci, ele mais ajudava as pessoas e aos animais do que a ele mesmo.  Sempre que conversávamos aprendia algo importante. Uma das coisas que aprendi de mais valiosa com o Marcel é que não podemos amar os animais sem amarmos também o ser humano. Que a melhor maneira de ajudarmos aos animais é ajudando o ser humano.  Aprendi que devemos vibrar amor por aqueles que maltratam os animais, porque um dia irão se arrepender.

Em abril ele descobriu que teria que fazer um procedimento cirúrgico, pois em seus exames havia dado um tumor maligno.  Ele foi operado e então veio a notícia que jamais poderíamos imaginar. Ele estava desenganado, não teria muito tempo de vida. Aquela notícia caiu feito uma bomba em nossos corações. Seu comentário foi que se a Natasha ficou curada, ele também podia ficar. Seu estado ia piorando, pois ele sentia dores, mas como sempre, não reclamava e voltava a dizer que iria desencarnar logo.

O Marcel nunca se esquivou de responder nada que perguntassem a ele. Se houvesse alguma pergunta ou comentário absurdo ele sempre dava “a cara a tapa “como dizíamos. Nunca teve medo ou vergonha da Doutrina. Sua segurança por estar sempre estudando, dava a ele a certeza de que estava agindo de forma correta.

No dia 01/02/2010, mais ou menos 11 horas da manhã, recebi uma das piores ligações de minha vida. Sua esposa, pessoalmente, num gesto de extrema consideração e bondade me liga. Em um momento tão difícil e dolorido para família, ela mesma avisa que o Marcel havia acabado de desencarnar.

Depois do funeral, não me lembro como cheguei em casa aquele dia. A única coisa que me lembro é de pensar como iríamos fazer o trabalho espiritual com os animais sem ele? Como iríamos continuar fazendo o programa sem ele?

Hoje, a nossa meta é divulgar o seu trabalho e a espiritualidade dos animais. Com toda certeza, Marcel Benedeti foi um grande Homem, um grande Espírita e um Grande Amigo. Para nós um amigo inesquecível.  Para mim, aquele que mudou a minha vida. Que me ensinou tudo sobre espiritualidade dos animais. Que me ensinou que devemos amar também os seres humanos e que foi e continua sendo, o melhor AMIGO. “QUE SAUDADE!”

Ivany Lima, apresentadora do Programa Nossos Irmãos Animais pela RBN

 

IMG_6397


1 comentário

Sempre Te Amarei no programa Olhares da TV Bandeirantes

IMG_6397

Sempre Te Amarei: A linda história de amor  além da vida entre um soldado alemão e uma prisioneira judia  foi  tema do programa Olhares da TV Bandeirantes de Santa Catarina. Confira a entrevista com os autores: falando sobre a obra: https://www.youtube.com/watch?v=6iBo7QpeLVs#t=2065

 

IMG_20150508_153707243


1 comentário

Exposição de Livros Espíritas no Internacional Shopping Guarulhos

IMG_20150508_153707243
Durante o mês de maio não perca a exposição de livros espíritas, espiritualistas e autoconhecimento organizada pela Mundo Maior Editora em parceria com o  Internacional Shopping Guarulhos e a USE Guarulhos.
Aproveite o melhor da literatura para a sua renovação e paz espiritual com descontos especiais.
Esperamos por você de segunda a sábado, das 10h às 22 horas, e aos domingos das 14 às 20 horas.
Internacional Shopping Guarulhos – Piso térreo
Rodovia PRESIDENTE DUTRA, SAÍDA 225
ITAPEGICA –  GUARULHOS
Informações: (11) 4964-4700
nova_era


7 Comentários

A Nova Era

nova_era

Muitas são as aflições e dificuldades que o mundo contemporâneo atravessa. Em muitos países, as crises políticas, econômicas e sociais são notícias rotineiras gerando um clima de pessimismo e inseguranças generalizados. E nos perguntamos; quando começaremos a vivenciar a tão aguardada nova era, descrita pelos benfeitores como um novo período para a Humanidade, onde teremos paz, justiça e fraternidade?

Ilusoriamente acreditamos que um dia acordaremos e receberemos a notícia tão esperada, talvez pelos mesmos noticiários que enfatizam as problemáticas, de que tudo mudou, o mundo se transformou regenerando-se e agora sim, seremos felizes. Ledo engano.

Todo o processo de transformação ocorrerá na intimidade dos habitantes de nosso planeta, ou seja, de dentro para fora. A regeneração não será material, mas moral.

Em toda a Codificação encontramos explicações sobre a necessidade da reformulação de nossos hábitos e comportamentos. O Evangelho Segundo o Espiritismo trabalha em minúcias os principais pontos negativos a serem observados e combatidos em nossa personalidade, mas também nos traz o bom ânimo tão necessário em todos os embates. Insuflam-nos os bons Espíritos a fé que fortalece, dentro do entendimento de que tudo pelo que passamos pode servir como aprendizado, desde que utilizemos de bom senso, avaliando nossas atitudes,verificando como não cometer os mesmos erros.

“… vós sois o grão de areia, mas sem grãos de areia não haveria montanhas…”, nesta linda alusão do Espírito Fénelon, que encontramos no próprio Evangelho Segundo o Espiritismo capítulo I, vemos retratada a importância do todo. Cada um de nós representa uma parte de algo maior, como um grande organismo que precisa de todas as suas células sadias e trabalhando em harmonia para ser considerado saudável. Se cada grão fizer sua parte garantiremos a integridade da montanha. Cada um de nós tem sua tarefa de crescimento individual que se reflete no coletivo.

A lei dos mundos é a do progresso incessante, e este processo já se iniciou há muito tempo, já não ultrapassamos a era primitiva? Entretanto vislumbrar a nova era dependerá do esforço que empreendermos em nosso próprio crescimento moral, pois ela representa um novo modo de pensar e agir.

De nada nos adiantará o desânimo, a tristeza, o cansaço, embora sejam perfeitamente compreensíveis os momentos de exaustão em uma grande viagem. Todavia, precisamos nos lembrar das promessas do Mestre Nazareno, “Vinde a mim todos que estais cansados e eu vos aliviarei…”. Em nosso auxílio Jesus nos legou seu Evangelho redentor e esclarecedor, que pode nortear nossos caminhos, consolar nossas aflições, mas acima de acima de tudo nos ensinar a importância do amor, elemento fundamental para nossa felicidade futura.

Umberto Fabbri é autor da Mundo Maior Editora. Publicou o livro Resgate de Almas.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 161 outros seguidores